CARNAVAL GRUPO DE ACESSO

Publicado: 06/03/2011 em notícias agora

GRES RENASCER DE CABO FRIO

Grupo de Acesso comanda segundo dia de desfiles na Morada do Samba

            Assim como no desfile das Escolas da Comunidade de Cabo Frio, a chuva não deu descanso para as cinco agremiações do Grupo de Acesso, que se apresentaram na noite de sábado, dia 05 de março, na avenida da Morada do Samba. Mas, apesar do tempo e do atraso inicial dos desfiles, nada tirou das escolas e dos seus integrantes, o desejo de conquistar a vaga para o Grupo Especial das Escolas de Samba da cidade.  

            Na luta pelo título, a primeira a se apresentar foi o G.R.E.S. Acadêmicos do Jardim Esperança que, com o enredo “Baila Comigo”, trouxe para a avenida três carros alegóricos e contou um pouco da história das artes, especificamente da dança. Carros coloridos, um deles com bailado, e alas harmoniosas deram o tom do desfile. O público das arquibancadas e dos camarotes foi embalado pela alegria da escola, que cantava o samba com muita empolgação, contagiando a todos.

           A União dos Bairros, segunda escola a entrar na Avenida, emocionou a todos ao abrir o desfile com um discurso de homenagem a um de seus diretores, Jorge Malaquias, que faleceu há menos de um mês. Com o enredo sobre o côco e havaianas, a agremiação também empolgou os presentes, principalmente com o primeiro carro alegórico, que entusiasmou a platéia. O abre-alas trazia à frente o dorso nu de três imensas bonecas havaianas enfeitadas por flores e arrancou muitos aplausos. A comissão de frente, que representava havaianas, a ala das baianas e as alas coloridas, também chamaram a atenção da platéia.

           A Unidos de Aquárius falou das características da cidade do Rio de Janeiro, como o calor de 40º; de Iemanjá, a rainha do mar; e do carnaval. A comissão de frente da escola, coreografada com muita arte e beleza, era composta por nove integrantes e formava a palavra Fevereiro, título do samba–enredo. O abre-alas trazia um misto dos ícones do enredo.

            Quase às quatro da manhã, e com a chuva caindo com mais força, a penúltima escola, Renascer de Cabo Frio, entrou para desfilar na Passarela do Samba. Com enredo sobre o malandro e suas características, como a boemia, a agremiação se apresentou com três carros alegóricos e uma comissão de frente caracterizada como o malandro, de terno branco, gravata e bengala vermelhas.

           O encerramento do segundo dia de desfiles ficou a encargo da G.R.E.S. Vermelho e Branco, que cantou o enredo sobre a África, representando os africanos em sua comissão de frente. Com três carros alegóricos na Avenida, o segundo deles representava o navio negreiro, que trouxe diversas pessoas, inclusive reis, daquele continente para trabalharem como escravos em Portugal e no Brasil.

            – Este ano o tempo não está colaborando com o nosso carnaval. Mas, apesar da chuva, o público compareceu à Morada e se empolgou com as escolas, que estavam muito bonitas. Vamos torcer para que a chuva dê uma trégua no terceiro dia de desfiles – disse João Gomes, presidente da Liga das Escolas de Samba de Cabo Frio (LIESCAF)

Nicia Carvalho

VEJA AS FOTOS DAS ESCOLAS DO GRUPO DE ACESSO(FOTOS DE TADEU BUCHARED)

 

 

 

ACADEMICOS DO J. ESPERANÇA (CLIQUE PARA AMPLIAR)

 

UNIDOS DE AQUÁRIUS

 

RENASCER DE CABO FRIO

 

VERMELHO E BRANCO

 

 

UNIÃO DOS BAIRROS

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Cabo Frio é contemplado com “Diploma Mulher Cidadã 2011”

As comemorações pelo Dia Internacional da Mulher, celebrado no dia 8 de março, não param. Completando as festividades, a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ) concedeu o Diploma Mulher Cidadã Leolinda de Figueiredo Daltro a Verena Bernini, uma das fundadoras do Movimento de Mulheres de Cabo Frio. A entrega do prêmio acontecerá no dia 31 de março, na sede da Casa Legislativa.

O Diploma Mulher Cidadã homenageia dez mulheres do Estado do Rio de Janeiro, de diferentes áreas de atuação, que tenham contribuído na defesa dos direitos das mulheres e das questões de gênero no estado.

- A conquista deste prêmio mostra que estamos no caminho certo. Já percorremos esta estrada há 12 anos com o Movimento de Mulheres da nossa cidade. A conquista do Centro de Referência e Atendimento à Mulher (CRAM) mostra o reconhecimento pelo trabalho desenvolvido – disse Susiane Borges, musicoterapeuta e diretora do Centro de Saúde e Cultura da Mulher (Censc), informando ainda que é a segunda vez que o Movimento recebe este prêmio. O anterior foi em 2009, concedido a Tânia Lopes. 

As contempladas pelo prêmio foram Iraci do Carmo França (Rio de Janeiro), Madalena Guilhon (Rio de Janeiro), Maria Aparecida Panisset (São Gonçalo), Norma Suely (Teresópolis), Rita Andréia (Rio de Janeiro), Rosana da Silva (Itaboraí), Schuma Shumaher (Rio de Janeiro), Sonia Maria Saturnino Braga (Niterói), Térphila dos Santos (Rio de Janeiro) e Verena Bernini (Cabo Frio).

Além do diploma, Verena, que atualmente reside no Rio Grande do Sul, também foi homenageada pela equipe do Censc Mulher, por meio da Secretaria de Saúde, com o “Cine Mulher Verena Benini”. A 1ª sessão será realizada no auditório do Hospital Municipal da Mulher, às 13h30 do dia 8 de março, com apresentação do filme “Mãos Talentosas”, do diretor Thomas Carter e atuação de Cuba Goldding Jr. Além das pacientes do hospital, a sessão é aberta ao público em geral. O Cine Fábrica de Música também faz parte do projeto Programadora Brasil junto com o Cine Mulher e tem uma parceria com a Jovem TV.

 

Nicia Carvalho

PEROCÃO É AUTORIZADO

Publicado: 02/03/2011 em notícias agora

BLOCO PEROCÃO

O irreverente Bloco Perocão não vai deixar de agitar a comunidade do Peró, que recebe milhares de turistas, inclusive muitos estrangeiros, no Carnaval. A Guarda Municipal de Cabo Frio autorizou o bloco, que é formado por cariocas,  a se concentrar e animar o seu  público na Praia do Peró, junto aos Restaurantes Boca de Siri e Âncora, no domingo, às 17 horas.  O Perocão foi excluído do desfile oficial porque seus dirigentes não compareceram às reuniões da Associação dos Blocos de Cabo Frio, que organiza os desfiles.

O presidente do Perocão, Eduardo Filho, disse que a mudança de planos não vai diminuir a animação das duas mil pessoas que são seguidoras fiéis do bloco. Muitos moram em outros municípios da Região dos Lagos e vão curtir o carnaval no Peró por causa da animação do local e porque conhecem os integrantes do Perocão:

– Vamos para a praia com 35 ritimistas, todos com instrumentos próprios do Perocão. A praia vai ficar pequena para tanta gente.  A todo momento vamos lembrar a filosofia do Perocão: “A alegria é a coisa mais séria da vida” – disse Eduardo.

Com o samba-enredo “Sete anos de Perocão, sete é sorte, não é azar”, o Perocão é um dos blocos mais organizados do estado. Seus integrantes se encontram pelo menos uma vez por mês; há um responsável pela atualização do site (perocao.com.br), e, no segundo semestre, os ensaios são frequentes para que tudo corra bem no Carnaval do Peró, chamado de carnaval-família.

– O Perocão já uma tradição no Peró, tando que já tem até um filhote, que é o Pé na Areia – disse o militar reformado Marcelo de Oliveira.

HISTÓRIA

historia

O bloco nasceu em 2005, após uma roda de samba formada por um grupo de amigos durante o carnaval, onde saíram pelas ruas do Peró com seus instrumentos: pandeiro, cavaco e tan tan, brincando e cantando marchinhas de carnaval.O bloco crescia à medida que ia passando.Nascia assim o G.R.B.C. “ Unidos do PeróCão “ Para o carnaval / 2006 o bloco já contava com camisetas e o seu 1º samba “Libera o Mensalão“. O bloco desfilou pelas ruas do Peró com um carro de som improvisado e mais uma vez o sucesso foi total.

A base do bloco é formada por parentes e amigos com mais de 20 anos de convivência, a maioria da “Família PeróCão“ reside no bairro de Guadalupe no Rio de Janeiro, local onde foi instalada a sede.

– Aquele pequeno grupo de amigos que em 2005 saiu pelas ruas cantando marchinhas de carnaval agora teve  adesão de mais de 2000 pessoas. As nossas camisas são disputadas não só pelas foliões como também por turistas, que querem levar lembranças do Carnaval do Peró – conclui Eduardo Filho.

 

 

 

Veja o samba-enredo do GRBCP:

 

“Sete anos de Perocão, Sete é sorte, não é azar”
Autores: Elias Bittencourt e Eduardo Filho

 

 

Sete anos se passaram, muita coisa já mudou
Só não muda essa alegria,
PeroCão, Peró, folia
Vem pro samba, meu amor
Cabo Frio está em festa
Carnaval já começou

 

Há quem diga
Que o sete dá azar  (refrão)
Mas pra mim dá muita sorte
Deixa o PeroCão passar

 

Sete vidas tem o gato, arco-íris, sete cores
Mundo, sete maravilhas, quem me dera sete amores
Sete dias na semana, sete notas musicais
Todo mundo tem pecado, mas, só sete capitais

 

Há quem diga
Que o sete dá azar  (refrão)
Mas pra mim dá muita sorte
Deixa o PeroCão passar

Só com sete algarismos os romanos foram à guerra
Segredo tem sete chaves ou sete palmos de terra
O Brasil num dia sete libertou-se dos grilhões
Um Camisa Sete gênio encantou as multidões

 

Há quem diga
Que o sete dá azar  (refrão)
Mas pra mim dá muita sorte
Deixa o PeroCão passar


Sete céus pra quem merece, sete artes na avenida
Quero achar os sete erros desse jogo que é vida
É tão bom pintar o sete pra curtir as emoções
Até a Branca de Neve se amarrou nos sete anões

 

CABO FRIO

Os desfiles das escolas de samba de Cabo Frio, este ano, terão, mais uma vez, o objetivo de distribuir solidariedade à população de Cabo Frio. A coordenação do evento informa que as tradicionais pulseiras poderão ser obtidas por meio da doação de 1kg de alimento não-perecível, que será posteriormente entregue às entidades carentes do município.

Para realizar a troca e obter a pulseira de acesso, os interessados devem comparecer, a partir das 10h dos dias 2 e 3 de março, quarta e quinta-feira, a um dos postos que estão localizados na Praça de São Cristóvão; Praça Porta Rocha; na praça ao lado do hospital do bairro Jardim Esperança; na Associação de Moradores de Tamoios; na quadra da Unidos de Aquárius, no Segundo Distrito; e na Morada do Samba. Serão distribuídas 500 pulseiras para cada dia em cada um dos pontos e, durante os dias de desfile, haverá pessoas credenciadas na entrada das arquibancadas disponibilizando-as para os visitantes de última hora.

Apesar de não ser obrigatório – quem não apresentar a pulseira não ficará impedido de assistir aos desfiles – o objetivo da coordenação do carnaval da cidade é que os foliões se solidarizem e contribuam com a campanha.

- Ninguém vai deixar de assistir a esta festa. Com ou sem pulseira, todos terão acesso, porém quem apresentá-la será direcionado às arquibancadas especiais, localizadas do início dos desfiles até o recuo da bateria, pois tem melhor visibilidade. Quem não tiver a pulseira poderá assistir à festa das arquibancadas que estão a partir do recuo da bateria, do lado da lagoa, até o final da avenida de desfile. Estas comportam cerca de 3000 pessoas – afirmou Carlos Ernesto, Coordenador do Carnaval de Cabo Frio.

Os portões da Morada serão abertos a partir das 19h nos três dias de desfiles (sábado, domingo e segunda-feira) e, na estrutura montada, os foliões encontrarão espaço destinado à concentração das agremiações, camarotes destinados à imprensa e convidados, arquibancadas e praça de alimentação, onde serão 32 barracas distribuídas pelo complexo, sendo 20 perto da concentração das escolas, seis atrás das arquibancadas especiais, duas na dispersão e quatro na Praça da Morada do Samba.

Ao todo, são esperadas aproximadamente 25 mil pessoas por dia, entre público e integrantes das escolas, segundo o tesoureiro da Liga das Escolas de Samba, Fabiano Ramiro:

- É uma festa feita para o público. A animação estará garantida para quem vier à Avenida conferir o trabalho das agremiações – disse.

O desfile das Escolas de Samba começa nesta sexta-feira, dia 4 de março, a partir das 21h, com a apresentação da Cabeçorra, que se apresenta na Avenida do Contorno, no bairro Vila Nova; e da Arrastão da GB, desfilando pela Rua José Rodrigues Povoas, no bairro Gamboa. Ambas são escolas da comunidade.

Já no complexo da Morada do Samba, os desfiles das 13 escolas de samba começam no sábado, dia 5, também a partir das 21h. Neste dia, desfilam as cinco agremiações do Grupo de Acesso, que terão no máximo 50 minutos para se apresentarem na avenida. A ordem de desfile é a seguinte: Acadêmicos do Jardim Esperança, União dos Bairros, Unidos do Aquárius, Renascer de Cabo Frio e Vermelho e Branco.

Os desfiles do Grupo Especial começam no domingo, dia 6, no mesmo horário dos dias anteriores, com as escolas Acadêmicos de Tamoios, Paz e Harmonia, Em Cima da Hora, Império de Cabo Frio, respectivamente, e continuam na segunda-feira, dia 7, quando a Unidos da Esperança, Sol a Sol, Flor da Passagem e Antiga Abissínia entram na avenida para fechar a folia de Momo. Assim como no domingo, as escolas se apresentam a partir das 21h. Cada uma possui 60 minutos para a evolução na avenida.

A apuração do carnaval será realizada na avenida do complexo da Morada do Samba, terça-feira, dia 8, às 18h.

Carolina Rocha / Nicia Carvalho

CABO FRIO

Cabo Frio já está no clima do carnaval e, para quem curte a folia, há diversas opções na cidade como blocos de arrastão, que já estão saindo pelas ruas do município, e escolas de samba, que se encontram nos preparativos finais para os desfiles na Morada do Samba.

Neste ano, os desfiles das escolas de samba acontecerão durante os dias 4, 5, 6 e 7 de março, respectivamente sexta-feira, sábado, domingo e segunda-feira de carnaval. A cidade conta ainda com 45 blocos de arrastão que farão a alegria na cidade, estendendo a festa cabofriense até o dia 13 de março.

De acordo com a Secretaria Municipal de Turismo, cerca de 800 mil pessoas de todo o país passarão o carnaval na cidade, em especial os foliões dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, além de visitantes de outros países como Argentina e Chile.

Ainda de acordo com a secretaria, levando em conta os anos anteriores, a movimentação de chegada dos visitantes deverá ser maior na próxima sexta-feira, dia 4. O meio de transporte mais utilizado, segundo pesquisa realizada pela própria secretaria, é o carro particular, que traz cerca de 70% dos visitantes, e o ônibus, que representa 18% do total.

O Terminal Municipal de Ônibus de Turismo de Cabo Frio espera receber cerca de 190 ônibus para os dias de carnaval. Segundo o diretor de estacionamentos da Secretaria Municipal de Transportes, Horácio Pinheiro, o número representa um aumento de, aproximadamente, 10% em relação ao ano passado, quando cerca de 160 ônibus ficaram no local.

Estrutura para carnaval 2011 de Cabo Frio já está sendo montada

A Prefeitura Municipal de Cabo Frio, por meio da Coordenadoria Geral de Serviços Públicos, informa que desde a manhã da última segunda-feira, dia 28 de fevereiro, a estrutura para realização do Desfile 2011 das Escolas de Samba de Cabo Frio começou a ser montada na Passarela do Samba. O trabalho será concluído até sexta-feira, dia 4 de março, quando as Escolas do Grupo de Acesso abrirão a festa.

Para garantir a animação dos foliões, toda a parte elétrica será trocada, cabos de som subterrâneos serão instalados, arquibancada montada, material de publicidade fixado e pintura da pista realizada. De acordo com o coordenador, Eduardo Leal, em função dos preparativos e dos dias de folia, o trecho que vai da avenida de acesso à Morada do Samba até a Associação de Pescadores da Praia do Siqueira ficará fechado a partir de meio-dia desta terça-feira, dia 1° de março, até o término da apuração dos resultados dos desfiles das Escolas de Samba, que será realizada no dia 7 de março, terça-feira.

- Para chegar ao bairro Praia do Siqueira, os motoristas deverão utilizar a Avenida América Central ou a do Canal Palmer, pois as agulhas de acesso em frente ao posto de gasolina até o cruzamento estarão fechadas com blocos de cimento – alertou Leal, frisando que a avenida de acesso à Universidade Veiga de Almeida (UVA) estará liberada.

 

Ingrid Garcia

PRAIA DA REGIÃO DOS LAGOS

A semana pré-carnaval começa com sol e a maioria das praias está recomendada ao banho, conforme os últimos testes realizados pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea). Os cariocas, portanto, vão poder pôr o bronzeado em dia para cair na folia dos blocos que vão animar diversos bairros no fim de semana.

 O fim de semana vai ser de sol e com a maioria das praias liberadas ao banho na Região dos Lagos, na Costa Verde e na baía da Ilha Grande, onde o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) já realiza medições de balneabilidade. Em Angra dos Reis, estão recomendadas as praias Grande, Retiro, Brava, Mambucaba, Gordas, Costeirinha, Garatucaia, Éguas e Itinga. Já Bonfim, Retiro, Anil, Jacuecanga, Camorim, Enseada, Frade, Bexiga e Vila Velha estão impróprias ao banho.

Em Araruama, quase todas as praias estão em plenas condições de balneabilidade, apenas Coqueiral e Figueira não estão recomendadas. As demais, Seca (lagoa), Nobres, Hospício, Areal, Centro, Pontinha, Amores, Barbudo, Iguabinha, Gavião e Bananeiras estão completamente liberadas.

Em Arraial do Cabo, somente a praia de Monte Alto está imprópria. As demais, Anjos, Pontal, Grande e Prainha estão em perfeitas condições de balneabilidade. Em Búzios, estão próprias as praias Rasa, Tucuns, Manguinhos, Geribá, Armação, Azeda, João Fernandes, Brava, Forno, Tartarugas, Ossos e Ferradura. Apenas a praia do Canto não está recomendada ao banho.

Em Cabo Frio, estão quase todas recomendadas: Fortes, Conchas, Peró, Palmeiras e Foguete. Apenas as praias do Siqueira e Passagem, não estão recomendadas. Em Casimiro de Abreu, estão liberadas Praião e Unamar; na Prainha e na do Pontal, os banhos de mar não são recomendados.Em Iguaba Grande e São Pedro D’Aldeia estão próprias as praias Linda, Centro, Pitória, Sol, Sudoeste, Balneário, Ponta D’Aldeia e Iguaba Grande. Somente a praia da Aldeia não está liberada ao banho.

As praias da região de Maricá estão todas liberadas: Maricá, Itaipuaçu, Ponta Negra e Araçatiba estão em perfeitas condições para o banho. Em Paraty, estão próprias as praias do Pontal, Paraty-Mirim, São Gonçalo e Jabaquara; já Terra Nova e Praia Grande de Corumbê não estão em boas condições de balneabilidade.

Em Saquarema, as praias oceânicas estão totalmente liberadas ao banho: Saquarema, Itaúna, Boqueirão e Gravatá. Já as praias de lagoa – Saquarema, Itaúna e Boqueirão – devem ser evitadas por não estarem em boas condições de balneabilidade.

TUDO DE CABO FRIO

Publicado: 25/02/2011 em notícias agora

VC VAI VER TUDO

VOLTAR PRINCIPAL